03 outubro 2006

Nevoeiro Na Minha Mente
Ensombrada esta a minha mente
ja nao sinto o frio e o quente
sera que é isto que se sente?
O coraçao nao mente
é aquilo que nos faz gente
nao e preciso ser crente
basta dar asas a aquilo que se sente!
Nao sei se é febre
ou se estou doente
nao sei o que faço ou digo
so sei que nunca estas e estas sempre comigo.
Queria que o vento te levasse
que a tua lembrança me deixasse.
Sera que seria mais feliz sem ter?
nao sei por vezes o que fazer.
Queria tirar as nuvens da minha menteeee
deixar de ser doente
viver uma vida sem complicaçoes
viver sem os assuntos do coraçao.
as vezes sinto-me feliz
outras vezes contente
quase a bater o deprimente
sera que estou a ficar demente?
As nuvens vao e voltam
quase tao depressa como o tempo
que hei-de eu fazer para ser diferente?
Nao sei..........
Talvez tenha de libertar a mente.....

1 comentário:

Mr.Q - Miguel disse...

Mais uma vez parabéns por este lindissimo poema. ADOREI...